domingo, 30 de setembro de 2007

Como se diz Palhacito na Tropa?!!?

Pegando no post abaixo, pergunto como se diz palhacito na tropa?

Este futebol anda estranho e quero dismistificar que tenho dúvidas em muitos lances:
1. Tenho dúvidas que o corte do Polga na direcção do Tonel, fosse na realidade um atraso para o Stojkovic
2. Tenho dúvidas que o Karagounis não faz pénalti sobre o Romagnoli
3. Tenho dúvidas que o Moutinho não faz pénalti sobre o Adu
Mas não tenho dúvidas no seguinte...
- A meio da semana a bola bateu na tola do gajo da Amadora, o árbitro não viu... e o árbitro assistente marca pénalti. O homem enganou-se, está claro... mas o árbitro como não viu aceitou a decisão do assistente.
- Ontem, a bola bate no braço do Karagounis (a bola não sofreu nenhum desvio e o Karagounis está dentro da área), o assistente levanta a bandeirola... o árbitro diz que não vê nada e não segue a indicação do assistente?!?!!?! Isso é que me coloca dúvidas... porque raio foi bola ao solo? Ou marca falta, ou deixa seguir...
Também não tenho dúvidas que há muito campeonato... e que o único resultado realmente mau até agora do SCP foi o empate em casa com o Vitória... logo, no worries

sexta-feira, 28 de setembro de 2007

Como se diz palhacito em castelhano?

Apesar de Duarte Gomes já ter reconhecido que beneficiou o Benfica na Amadora, Camacho continua a defender que não é possível dizer com exactidão se foi "penálti ou não".

"No estádio, na minha posição, não sei e na televisão também não consigo ver se é penálti ou não", disse o espanhol.

Se o padre frederico tivesse vergonha na cara não teria vindo com estas declarações. O que lhe vale é a complacência dos jornaleiros que não questionam estes palermitas.

Flexisegurança

O Governo prepara-se para, de uma forma camuflada ou mais à descarada, implementar um sistema de flexisegurança no mercado de trabalho no nosso país.

Confesso que isso poderá trazer alguns problemas no campo desportivo, e muitos casos terão de ser resolvidos na barra dos tribunais, senão vejamos.

O Fátima (escolhido aleatoriamente no universo das equipas profissionais), à imagem da flexisegurança, decide trocar o seu avançado por um que faz exactamente o mesmo mas supostamente marca mais, pode fazer? pode, nas alturas de mercado aberto segundo as regras estipuladas pela Liga, só que pela flexisegurança pode-o fazer a qualquer altura do campeonato, desde que garanta que o lugar deixado em aberto seja ocupado por um outro avançado mas que ganhe menos, teremos nós mais casos Mateus, Silvas, Kunkiarov, Robértinho wilson e afins ?

Eu sei de pelo menos uma entidade onde a flexisegurança não vai chegar, à selecção nacional enquanto estiver lá o mandaí (a ser lido em brasileiro).

quinta-feira, 27 de setembro de 2007

Vai Platini vai...vai...e foi mais um belo passe

Esta quinta-feira o presidente da UEFA, Michel Platini (MP), enviou uma carta aberta aos governantes do Velho Continente, para manifestar a sua preocupação sobre os desenvolvimentos recentes que tiveram lugar no futebol europeu. E perguntamos nós Facciosos (FAC): e quais desenvolvimentos são esses? Grandes multinacionais? Violência? Scolari no final do jogo com a Sérvia? Nike? Todos em conjunto?

Retirámos alguma conversa de encher-chouriços, tentámos manter o contexto, e por fim eis algumas palavrinhas do mais conhecido "fazedor" de assistências do futebol mundial.
  • MP sobre o futebol europeu em geral: “sofre influência maligna e sempre constante do dinheiro”.
    FAC em jeito de sugestão: acabem com os direitos de transmissão dos jogos da Liga dos Campeões e metam as transmissões em canal aberto

  • MP: "apelou para que a especificidade do desporto seja reforçada no próximo Tratado da União Europeia".
    FAC: Olha este agora. Já agora a UEFA que adopte a lei penal internacional e deixem-se de justiça colegial feita à medida.

  • MP: ”Pedimos às autoridades políticas que nos ajudem”.
    FAC: Espera aí. Mas vocês fazem da UEFA uma máquina de fazer dinheiro e agora vão ter de ser os meus impostos a ajudar-vos? E contrapartidas para mim? Sei lá. Deixa ver. Bilhetes mais baratos, para adeptos e sócios do clube! Jogadores a pagarem os impostos como deve ser!

  • MP: “O futebol é um enorme recurso social, que ganhou proporções gigantescas, mas que não consta de nenhum tratado."
    FAC: e por culpa de quem? social quererás dizer quando os craques contratam pessoas à sociedade civil como os seguranças, os advogados, as amas dos filhos, as portuguesas para se casarem?

  • MP: "Com este dinheiro, não surgiam novas regras e é isso que lamento".
    FAC: O homem bateu com a cabeça ou discutiu com o Scolari. Mas não surgiram? Que pena. Mas porque será?

  • MP sobre a violência e o racismo: “Podemos tomar decisões fortes - se tivermos de banir adeptos dos estádios ou suspender clubes, assim o faremos, até ao dia em que apenas tenhamos nos estádios pessoas somente interessadas em assistir aos encontros e não para causarem problemas”.
    FAC: ah ok. Afinal o problema são os adeptos! E já agora, presidentes, dirigentes, rolhas, árbitros e a justiça UEFAeira não estarão a ajudar a esse estado das coisas?
Ainda estou a digerir esta conversa toda, mas é ou não é, mais uma bela assistência do gaulês? Está a tentar passar a bola para alguém tomar a responsabilidade de marcar, ou não está?

Um mestre!

«A bola é redonda para todos»

Tá resolvido

Espero que com as declarações de Duarte Gomes o assunto esteja resolvido e enterrado neste blog

"Perante as evidências que resultam do visionamento das imagens televisivas reconheço que houve um claro erro de arbitragem"

Está arrumado o assunto ? Não vai servir para nos atirarem pedras quando vencermos a 1ª taça da liga, ok?

Resumo da 3ª eliminatória da taça da liga

Milagre em Fátima.

São Tiago em Guimarães .

Monumental Roubo de Igreja na Amadora.

O Bom jornalismo, como ele é.

"O Benfica criou uma boa oportunidade logo no primeiro minuto, num disparo de Di Maria, mas depois «apagou-se» e não mais incomodou a baliza de Butt, até ao intervalo."

Eu não vi o jogo nem o resumo, mas digam-me que o Di Maria não rematou para a própria baliza?

Assim se faz bom jornalismo em Português

quarta-feira, 26 de setembro de 2007

Taça da Liga

Terão notado, os alguns dos leitores mais atentos, a ausência de qualquer comentário ao resultado do fim de semana em Braga, pois estou cansado de empates caseiros...

Hoje regresso, não só para falar da vitória do Benfica (ao que parece segundo a RR com um grande favor do fiscal de linha) mas para falar da vitória do vitória.

Sempre pedimos mais jogos, comparávamos com o campeonato inglês, queríamos ver os jogadores a correr mais, a jogar mais, mas na realidade, e a julgar pelos resultados dos jogos até à data, não tem havido futebol espectáculo, o que seria de esperar, pois sendo obrigados a jogar com pelo menos 5 jogadores, as equipas têm tendência a não correr o que deviam, excepto talvez as equipas que lutam para meio da tabela, tipo Fátima.

«Sabemos como enganar o Vitória» foram estas as sábias palavras do treinador da equipa que julgava que jogar contra o Vitória são favas contadas. Acontece que este Vitória não é o mesmo que nos tem habituado em épocas do passado, e assim lá foi coitadinho o Braga com 2 no papo, e este ano a conta contra o VFC já vai em 5-1 para os sadinos.

Quanto a Fátima, e os seus milagres, uma imagem vale por 1000 palavras:

Gado marcado para vender e outro para abater


O poder da Nike anda por aí a condicionar tudo e todos. A pressão deve ser tanta que baralhou toda a gente dentro da federação. O gado está marcado: um para vender e outra para abater.

Não se percebe o anúncio de uma reunião de emergência deixando no ar que poderia haver alguma divergência nos órgãos da FPF. A malta "aflita", reuniu esta segunda para depois decidir por unanimidade (!!!) rejeitar o castigo da UEFA e apoiar juridicamente o seleccionador. Trocando por miúdos: "deixe estar Sr. Scolari, não se chateie muito nem gaste dinheiro. Era escusado trazer o seu agente para esta reunião de urgência. Os nossos advogados tratarão do caso".

Batendo mais uma vez no pistão da confusão e do atropelo dos processos normais, o inquérito interno aos acontecimentos continua por aparecer. A trapalhada é tão monumental ao ponto de um seleccionador dar-se ao luxo de ir para a federação, levar o amigo agente, e pairar por lá durante uma reunião urgente e decisiva para o seu futuro. É o lobby do gringo. E seria engraçado saber porque razão a reunião ficou para esta segunda. Vai-se a ver ainda foi por indisponibilidade do seleccionador para outra data.

O programa de ontem do Trio de Ataque (Terças RTPN, 22:30) deixou-me mais sossegado: não sou o único que bate na mesma tecla, vezes sem conta. Tirando o triste e melgante representante do Sporting, o programa aponta o dedo contra esta novela de lavagem de imagem.
Como o homem vai-se embora de qualquer forma, mal o filho acabe o curso, condená-lo seria partir a loiça toda, antes da festa. Seria como sujar de terra as sapatilhas Nike da moda; ou como assaltar uma dependência da Caixa Geral de Depósitos.

Existe de facto gado para rentabilizar e vender, e outro para deixar andar e quiçá abater. Um exemplar deste último grupo, ainda que novilho, já vê a sua carreira a descer cano a baixo. O Zequinha, depois da indesculpável atitude de retirar um cartão da mão de árbitro, foi suspenso pela FPF. Não bastasse o exagero do castigo, a pedagogia básica aconselhou os responsáveis pela sua formação, a não o convocarem durante um ano.

Quem acompanha a vida do rapaz, percebe que algo de muito grave se passa com a cabeça dele: falta a treinos, é expulso de jogos, como foi no jogo Penafiel - Freamunde. Enfim, matéria para um diagnóstico. Agora entraria aqui uma FPF, que numa reunião de urgência, decidia por unanimidade dar apoio psicológico ao atleta. E até ficaria baratinho quando comparado com honorários de advogados para defender o indefensável.

Haja vergonha na incompetência.

terça-feira, 25 de setembro de 2007

É boa cozinheira ou não?

As estatísticas valem o que valem, como todos sabemos, mas por vezes são-nos apresentadas de tal forma encapotadas que até assusta. Aproveito para sugerir a estes senhores das sondagens, que façam acompanhar estas coisas com outras perguntas. Questões alternativas de hemisférico oposto, mas igualmente falíveis. A ver a seguir.

Ora bem, a sondagem sobre a popularidade do Scolari, que resultou em mais um cheque em branco, deu-o como merecedor do seu posto como seleccionador. "No fundo não somos um país ingrato", afirma o rolha do Madaíl (onde anda o inquérito interno seu pau-mandado?).

A sondagem foi feita a cerca de 1500 pessoas. 51,qualquer coisa% mulheres e 48,qualquer coisa% homens. Ou seja, uma sondagem credível onde quase 52 em cada 100 pessoas eram mulheres, quase de certeza aliadas do fenómeno e amantes de novelas mexicanas, tal e qual a cena de pugilato do Socolarilas.

Por isso, a minha curiosidade em saber o resultado de uma sondagem, com amostragem populacional invertida a esta, e onde se perguntasse:

"Se a mulher do Deco é boa.... cozinheira".

Mas é claro que é. 51,qualquer coisa% de homens mais 20,69% de amigas do lesbo, responderiam:

"Sim, é boa. É boa na cozinha e em qualquer lugar da casa!".


segunda-feira, 24 de setembro de 2007

Capacidade de síntese

As palavras do José Mota no flash interview foram mais do que suficientes para resumir o jogo entre o Paços de ferreira e o bi-campeão nacional:

"O FCP nunca foi suferior ao Paços"

Muito obrigado. Foi uma bela galinada que na prática deu para entender. Não fomos superiores mas também não fomos inferiores. Está bem visto, sim senhor.

Pena foi, para ele, que olhando para o resultado do jogo, e pelo menos em matéria de golos, houve uma equipa duas vezes melhor à dele.

Assim não dá...

Notas soltas sobre o jogo de ontem:

- Dar uma parte de avanço ao adversário dá nisto. Já no ano passado "isto" aconteceu várias vezes. A raça demonstrada na segunda parte foi um ponto muito positivo, mas o jogo tem duas partes.
- Farnerud e Ronny não têm qualidade para jogar futebol profissional, quanto mais num clube como o Sporting.
- Stojkovic... para quem muito criticava Ricardo... levem lá com este caramelo. O Rui Patrício ainda não estará “pronto”?
- Relvado... é o espelho da gestão da administração do Sporting. É um assunto secundário.
- Polga está numa super-forma e é actualmente um dos melhores jogadores a actuar em Portugal.
- Veloso e Moutinho também estiveram muito bem.
- Excelente ambiente no Estádio.

- Vitória de Setúbal esteve muito bem : Organização, Pressão, Qualidade. E tudo isto numa equipa de tostões. Parabéns!

Furacão El Mouriño

A já famosa retirada do nosso embaixador do futebol inglês está a causar tanta ciumeira e admiração que os restantes colegas de profissão, menos bafejados pela sorte, começam a centrar a sua vida e as legítimas expectativas de futuro.

Quem ouviu os comentários do Camacho sobre a saída furacónica do José Mourinho e, agora, soma-lhe os comentários, de ontem, sobre os seus objectivos para o Benfica, perceberá a deixa.

Para os encarnados, a Liga dos Campeões é a principal competição. Para isso basta-lhe o 1º, o 2º ou o 3º lugar na Liga. Ora muito bem Sr. Camacho, não há nada como aproveitar a cegueira dos adeptos, a desculpa de entrar tão "tarde" (!!!) e o facto de não ter sido responsável pela formação da equipa, para arriscar palavras como estas.

Estará Camacho a namorar uma saída ou estará só, à semelhança do Socolarilas, a dominar a situação sem grandes oposições? Há algum lampião por aí que consiga ajudar na resposta?

Não fique preocupado, amigo Castelhano, e nós sabemos que não ficará nem um pouco, que o Benfica, apesar de ter o maior número de tansos pagantes do mundo, sofre de um estado avançado de Alzheimer, deficit de estima e, vai-se lá saber como, um elevado desprendimento financeiro na hora da compra de (r)esforços. Vistas bem as coisas, as três características, até que são excelentes para prática do seu "intreinamiento, olé!". Por isso mister, não é só o Mourinho que é um exemplo para qualquer treinador. Alegre-se porque o senhor é O Exemplo para quem quiser treinar o Benfica.

Sugestão

K tal o Benfica e o Sporting fazerem uma joint venture e contratarem o Mourinho para treinador de ambas as equipas?

Por certo k a originalidade do desafio iria motivar o José a abdicar de um vencimento milionário e passaria a ser só uma questão de acordar os dias de treino em que o 'special one' estaria presente em cada um dos lados da 2ª circular.

Para bem do campeonato, peguem lá nesta ideia, para ver se dão mais luta...

domingo, 23 de setembro de 2007

É FRANGO... e acabou a conversa...

Antes que comecem a discutir isso, é verdade o Stojkovic deu outro.

sexta-feira, 21 de setembro de 2007

No comments

Mourinho: «Selecção? Não estou desesperado»

Mourinho tira ano sabático - parte 2

Actualização depois de acordar e de ler os diários em papel:
Alegadamente, Mourinho só receberá os 30 milhões se não treinar até 2010. Entenda-se treinar e ganhar por isso. A ser verdade, meus amigos, o special one está na corrida pela selecção. O ano sabático do meu sonho pode ser uma realidade. Mais patriota do que treinar a selecção de Portugal com o Chelsea a pagar o ordenado, é difícil. Era uma jogada de mestre. Uma jogada à Mourinho.

Ai que isto promete e ainda se torna realidade.

Mourinho tira ano sabático

E a palhaçada continua na novela Scolari. Não consigo perceber nem os métodos nem as hierarquias. Deixem-me ver. Scolari tem dois processos abertos: um na UEFA e outra na FPF.

De repente ocorrem-me vários pormenores em velocidade acima da dos 50Km/h do Prolongamento dos Estados Unidos da América.
  1. Quem é que pode achar anormal que perante as imagens, a UEFA penalize mais um treinador que um jogador;
  2. É normal que a UEFA penalize mais um safanão num braço que uma tentativa de uppercut de esquerda na cara;
  3. Que a FPF não consegue disfarçar o facto de ter mentido quando disse ter instaurado uma investigação interna;
  4. Que o Scolari deveria esperar pelo fim da investigação da FPF e saber do castigo que daí poderia sair;
  5. Uma vez conhecida a investigação da FPF e, caso o castigo fosse inferior (e é claro que seria) então Scolari teria a legitimidade nacional para recorrer do castigo da UEFA;
  6. Que fazer uma reunião de urgência daqui a 4 dias é mutuamente exclusivo e não se percebe porquê;
Por causa destas dúvidas e trapalhadas todas, vou deitar-me e sonhar com a vinda do Mourinho. No sonho ele virá com força para limpar esta miséria toda. Vem apenas durante um ano sabático e sem vencimento. Vai aceitar treinar com duas condições: que o Madaíl volte a Aveiro e que os restantes treinadores da selecção sejam tão ou mais importantes que o seleccionador A. No sonho ele vai chegar porque este país precisa de coerência, bom senso e arrogância genuína.

Neste momento só temos arrogância fabricada e cheia de samba. Vou tentar não acordar.

Semana europeia negra...muito negra

7 jogos, 1 ponto.

É a realidade do nosso futebol. Para quê tantos participantes, quando depois demonstramos não ter categoria para ombrear com os parceiros europeus. É certo que a maior parte dos adversários eram bem fortes, mas ... 1 pontito apenas?

quinta-feira, 20 de setembro de 2007

Derrota do Sporting...

Perdemos bem... podíamos ter empatado e até ganho...
Manchester teve 3 oportunidades marcou 1... Sporting 3 oportunidades não marcou nenhuma.

A defesa esteve bem.. Abel está em bom momento, os centrais idem... Ronny não é o jogador que quero ver naquela posição.
MVeloso médio... já vi melhor... tal como o Moutinho
Romagnoli e Djaló desiludiram na minha opinião
Liedson... espera-se sempre mais
Os gajos de leste... não aqueceram :-)

A próxima jornada é decisiva... ganhar na Rússia e dizer que lutamos pelo 2º lugar... empatar é dizer que queremos só a UEFA... perder... UI UI

Telhados de Vidro...

Afinal não somos só nós que aplaudimos os nossos quando nos "lixam"

http://www.youtube.com/watch?v=kC0qpfumQsY

Onde páram os Lagartos??

Eu pergunto a mim mesmo se por mero acaso, mas só mesmo por mero acaso, o Sporting ontem tivesse ganho, se o numero de posts e comments hoje teria sido o mesmo?! Eu conhecia esta caracteristica mais nos benfiquistas, mas afinal tou a descobrir que a lagartagem, como o animal que lhes dá origem ao nome, gosta nestas alturas de se esconder debaixo das pedras ou, neste caso, por entre o floreado de ter sido uma jogador das suas escolas a marcar-lhes o golo de ontem. Ser ecletico é uma coisa, agora festejar um golo na nossa baliza só porque o jogador que o marcou nasceu e cresceu no nosso clube é uma parvoice! Sugiro urgentemente uma terapia de grupo, porque se for individual os psicologos vão enriquecer muito (mais)!
Calimeros, contra mim falo quando vos aconselho a não terem este espirito tão benfiquista de só aparecer nas alturas boas e se esconderem de baixo da pedra nas alturam menos boas. A não ser que para vocês não tenha sido um momento menos bom perder com o Manchester... já não sei!! Expliquem-se!! :-S

O Facciosos traduz melhor

O resto da imprensa portuguesa insiste nos eufemismos sobre o castigo de Scolari.
A redacção do Facciosos, constituida por jornalistas sem carteira profissional, têm uma vantagem perante a restante industria noticiosa: sabe traduzir inglês.

Ora vejamos o que a UEFA comunicou em bom inglês, aqui traduzido em bom português:
" O treinador de Portugal, Luiz Felipe Scolari foi suspenso por quatro jogos e uma multa de €12,000..."

Agora entramos nós, redacção, para esclarecer o que quer dizer "suspenso" no vocabulário Uefeiro. Suspenso não quer dizer apenas "não pode sentar-se no banco da selecção durante os próximos 4 jogos de qualificação para o Euro2008".

Suspenso quer dizer também que antes e durante o jogo:
  1. Não pode entrar nos balneários
  2. Não pode estar no túnel
  3. Não pode comunicar com a sua equipa
Este castigo, que peca por defeito, só vem clarificar os desejos de Scolari. Ele está farto disto. Ele não quer entrar nos balneários nem muito menos no túnel, quanto mais comunicar com a equipa.

"Eu não tenho equipa!"
"E o raio do miúdo que nunca mais acaba o curso na universidade lisboeta".
"Dava tanto jeito estar disponível pro Chelsea." - desabafaria ele se tivesse tomates.

Cegueira elitista

Confesso que o jogo de ontem foi cheio de surpresas para mim. Ainda assim, a maior de todas não foi a excelente exibição do Sporting, a garra ou a determinação da maioria dos jogadores. Para meu descontentamento, duas características que começam a desaparecer do FCP. O que mais me surpreendeu foi a cegueira dos adeptos e a miséria do relvado.

Nunca tinha assistido a uma manifestação tão populista de elitismo e cegueira colectiva.

Meus amigos, o golo foi na vossa baliza!!!


A cena não cabe na cabeça de ninguém excepto, claro quando se prefere mostrar ao mundo que o vosso clube é um clube de formação e que, por coincidência, tem uma equipa a disputar o campeonato dos crescidos. Uma vergonha verde que me fez torcer para que outros jogadores, "realmente adversários" marcassem mais um ou dois.

A RTP afirmava ontem que a manifestação vai correr mundo. Mas é claro que vai correr mundo.
Vai andar nos melhores compêndios de final de ano, em DVD, edição dos Momentos Loucos de Futebol. Como bonus track podem sempre incluir a defesa à cabeçada do vosso guarda-redes na semana passada. e como making-OF podem entrevistar os responsáveis pelo relvado, uma das melhores equipas de efeitos especiais.

Deixem-se lá de filmes e cenas tristes e comecem com os jogos a sério, para podermos voltar a discutir estas coisas como deve ser.

Ainda a Champs...

Achei que devia esperar um dia (não para ver o resultado dos lagartos e espetar a faca) mas porque as minhas primeiras análises da derrota em Milão poderiam ser a quente e nem sempre são as mais justas para com a equipa(excepto nas vitórias), acontece que hoje quando ligo o rádio oiço "e acaba de de sair um Euromilhões para mais um Português"

Pensei «o euromillions sai à 6ªs à noite será que é sábado e eu não sei?»

Vai daí que na sequência da notícia o Special One, coitadinho, lá foi com twenty millions de rescisão, coitadinho, e as minhas intenções de criticar construtivamente a exibição em Milão desapareceram.

Isso e a fantochada teatral do puto-maravilha-que-todos-o-acham-como-sucessor-de-figo-na-selecção quando apontou o golo em pleno estádio lagarto. E os verdinhos aplaudiram. Nos próximos sorteios europeus quem queremos que saia como adversário do clube do campo grande? será o Milan ou o Inter? Não, queremos é clubes com jogadores criados nas camadas jovens dos verdes e que de preferência marquem mais que um, assim apesar da derrota caseira os lagartos vão continuar a sair do estádio a dizer:

"epá perdemos, mas o golo foi apontado graças à nossa escola de formação que é das melhores do Mundo e não somos nós que dizemos é a BBC e a TVI".

post-edit:

Sem esquecer as declarações

Ronaldo: «Fiquei muito orgulhoso», de ter feito perder a sua equipa do coração?

Nani: «Foi um sentimento especial», de facto ganhar aos lagartos faz ver muita coisa!

quarta-feira, 19 de setembro de 2007

Juniores dão o mote para grande noite europeia

Os juniores do Sporting ganharam 5-2 aos juniores do Man Utd em jogo realizado hoje de manhã no estadio universitario.

Mais uma vez fica comprovada a valia da melhor escola de futebol da Europa.

Esperemos que logo à noite os graudos finalizem o dia com mais uma gloria europeia para o Sporting.

Força rapazes!

João Pinto tinha qualquer coisa de Zandinga

Antes de fazer prognóstico deveria pensar nas palavras sábias do então meu capitão. O João Pinto tinha a sabedoria do povo e a esperteza do Zandinga.

Ontem previ um golo do Lucho e outro do Rui Costa. Fiquei a meio. Tal e qual o FCP que, no Dragão, não soube merecer mais do que o empate.

15 a 20 minutos de arrasar não justificam vitórias; nem a falta de um ponta de lança de raiz; nem os erros técnicos dos jogadores; nem a falta de visão do professor. Valha-nos a esperança de, a ser o vice-campeão europeu, o ânimo não tenha sido muito beliscado.

E há pormenores que dizem o estado de espírito das tropas. Já vi o Dragão a festejar com mais euforia, golos contra equipas mais pequenas como o Benfica e o Sporting.

Em S.Siro, o Benfica não ajudou em nada o meu prognóstico, ao deixar que apenas 12 jogadores estivessem ao nível do actual campeão europeu: 11 milaneses e um Rui Costa.

Observemos logo o Sporting, que deve estar radiante com tantos jogadores nascidos em Alvalade. Desejo-lhes que ultrapassem a zona do umbigo e façam a estreia com uma vitória.

terça-feira, 18 de setembro de 2007

Contagem decrescente para vencermos

Ingleses e Italianos, hoje é o nosso dia!
O Rui marcará um Lucho de golo e o Lucho marcará com a Costa do pé

Poucos mas Muito Bons

Reza assim a carta de amor dos milanistas ao maestro:

«Sempre dissera: ‘Gostava de acabar a carreira no Benfica’. Rui Costa nunca escondeu de ninguém a vontade de pendurar as botas em casa. Em 2001, o fora-de-série aceitou vestir a camisola do AC Milan. Depois de sete anos na Fiorentina, Rui jogou cinco épocas como rossonero, vencendo uma Champions League, um Scudetto, uma Supertaça europeia, uma Supertaça italiana e uma Taça de Itália. Mas, sobretudo, o português deixou uma herança feita de paixão, emoções, assistências (mais de 50), números e classe. Os tiffosi do AC Milan seguiram-no e quiseram-no. E amaram-no do princípio ao fim. No entanto, Rui Costa não teve oportunidade de se despedir. Mas o mundo milanista está pronto a revê-lo e abraçá-lo. Terá outra camisola, o nosso Rui, mas as coisas, mesmo assim, não deixarão de estar muito nítidas. San Siro aguarda com ansiedade a hora de o ver novamente no relvado onde deu tudo durante cinco anos. A abraçar os seus antigos companheiros e amigos. Criado o mais escaldante ambiente rossonero, teremos toda a vontade de lhe dizer, mesmo que vestindo a pele do adversário: ‘Obrigado por tudo, Rui’.»

Quantas pérolas da formação lagarta obtêm aos trinta e muitos anos este tipo de mensagem? Figo (se não contarmos com a mensagem do Barça)

segunda-feira, 17 de setembro de 2007

sábado, 15 de setembro de 2007

Muito Bom

Será de esperar que todos os Benfiquistas corram para os blogues comentar como se não houvesse amanhã a boa exibição que o Benfica fez esta noite.

Já não me dirigia nestes termos à minha equipa, talvez desde os tempos em que eliminámos ambas as equipas inglesas para a Champions e isso já faz algum tempo.

A Naval entrou em campo determinada a pressionar e a fazer um bom resultado, mas o Benfica esteve imparável, não facilitou, pressionou do princípio ao fim e procurou sempre marcar mais um.

É este o futebol que eu quero ver a minha equipa a jogar!

O Benfica jogou muito bem os 90 minutos, talvez tenha facilitado um pouco nos últimos 10, e viu Quim a fazer umas boas defesas e a bola a ir à trave.

Em pouco espaço de tempo Camacho transforma uma equipa. Será só do treinador? a ser, o espanhol terá algumas dores de cabeça daquelas que qualquer treinador gostaria de ter, quem vou colocar se estão todos a jogar bem?

Na defesa quando Luisão, Zoro, David Luiz estiverem em forma, quem sai? A juntar a estes 3 temos o puto e o recém chegado Ed. Katsouranis tem lugar na equipa, mas a dupla Petit (vejamos se a lesão não o afasta alguns meses) e Rui Costa tem estado muito bem. E na frente? Rodriguez e DiMaria são dois artistas, já Pereira percebe-se que trabalha bem para a equipa, mas terá de jogar mais para ter lugar no 11 inicial, pois com Cardozo em condições será ele ao lado do capitão Nuno que terá lugar. Nota para DiMaria que conseguiu desmarcar-se muito bem em 4 oportunidades mas que depois não conseguiu fazer o passe final como dever ser.

O Benfica jogou tão bem que até a bailarina marcou golo... quem diria.


E agora, o que nos espera?

Hugo Santos da Naval, um nome a acompanhar ao longo da época, e não queria deixar de partilhar talvez uma das poucas frases em que eu e o Pedragon estamos de acordo facciosamente falando: Excelente vitória do Vitórrrria frente ao Braga.

sexta-feira, 14 de setembro de 2007

Familias slb - SCP

Ainda mais indignação do que já tinha!



http://videos.sapo.pt/RyjKYZ6o4cr4U8e36IjM

Nota de impresa sem falar com a administração.

Grande volte face! Era de esperar que alguém virasse a mira para o Pinto da Costa. Brilhante mas não suficiente. Esperto mas muito medíocre.

Que tal desenvolverem a prosa, em alguns casos certificada pelo bolor dos dicionários, a comentarem a atitude do seleccionador nacional. Não precisam de perceber de futebol. A cena em causa não tem nada desse desporto. Por exemplo, se a atitude vos repugna ou vos passa ao lado. E qual o tipo de castigo a aplicar?

Já agora, gostava de ver toda a gente a fazer isso sem a clubite que vos sufoca e vos tolhe as ideias.

Não sei se todos têm presente mas, o acto de blogar não precisa obrigatoriamente de tiradas engraçadas e irónicas. Podem ser sério, íntegros e patriotas.

À mulher de César não bastava parecer séria mas isso já se sabia no tempo do Sá Punho e do Artur Jorge. Já nessa altura exigia-se disciplina interna e irradiação da selecção para sempre. Esse episódio está atravessado na garganta de muito esverdeado e por isso este blog continua comprometido pela clubite de quase todos os comentaristas.

A culpa não é do Scolari

A novela Scolari continuará a dividir as opiniões mas, infelizmente, pelo lado errado da coisa. A questão não deveria ser discutida em torno do "desculpar a atitude" ou "condenar a atitude". O que deveria estar em causa é qual o tipo de sanção que devemos, dentro de portas, aplicar ao seleccionador.

É inadmissível assistirmos às condenações do acto por parte dos nossos governantes, termos as imagens dos acontecimentos, assistirmos ao mea-culpa do próprio Filipão, e esperarmos feitos lacaios pela decisão da UEFA.

Somos donos e senhores do nosso país e das nossas organizações, ou vamos desaproveitar mais uma vez a hipótese de comportarmos-nos como um país soberano? Andámos todos a contestar a descaracterizada União Europeia e o mal que ela faz à independência dos países, e depois quando podemos dar um exemplo de autonomia, preferimos aguardar à porta do guiché.

Alguém me explica porque razão deixámos que o seleccionador assuma todo o protagonismo, ao ocupar todo o tempo que deveria ser da federação? Onde está a hierarquia desta porra toda? Onde está o pedido de desculpas oficiais a Portugal e à Sérvia?

Com que então o Madaíl está em cima do assunto? E o estar em cima do assunto é comunicar ao treinador o apoio incondicional e "pedir-lhe" desculpa porque era necessário abrir-lhe um inquérito?

Eu digo-vos o que é estar em cima do assunto! Para o presidente Madaíl, estar em cima do assunto é preparar a táctica da rolha que tanto o caracteriza?

Um rolhas é aquele se posiciona sempre de acordo com as marés. Um que nunca se afoga porque sabe como permanecer à tona da água. O velho rolhas Gilberto Madaíl, sabe que esperando pela UEFA não se compromete com ninguém.

Uma UEFA implacável, Gilberto alegará obediência!
Uma UEFA branda ele será unânime e apaziguador.

Entretanto, o governo que é quem tutela o desporto nacional, manterá a atitude socialista deixando que as organizações se entendam. Por isso a culpa de nada acontecer por nossa iniciativa, nunca será do Scolari.

Lição de inglês

A tradução de Mclaren para português é porto.

Rabos de Palha

Não é nenhum santinho, mas ao menos este não precisa de fugir para Espanha porque a PJ lhe vai bater à porta, e o processo é arquivado porque ficou demonstrada a legalidade dos actos, e não por algum processo administrativo feito fora do tempo legal.

Luís Filipe Vieira ilibado no «caso» Mantorras

quinta-feira, 13 de setembro de 2007

O melhor guarda-redes português que vi actuar


Faz hoje, 13 de Setembro, quatro anos que faleceu Vítor Damas. Antes de partir, o guardião "leonino" afirmou, em entrevista à edição especial do jornal Sporting – "Álbum de Memórias – que "quero estar presente na inauguração do novo Estádio e se isso acontecer posso morrer feliz." Pois bem, Vítor Damas morreu feliz, mas permanece na memória de todos como um dos melhores guarda-redes do futebol português.

Damas foi o jogador que mais vezes vestiu a camisola do Sporting – 743 vezes, 332 a contar para o Campeonato Nacional. Tinha 14 anos quando se estreou de "leão ao peito", num jogo com o Benfica: "Tenho muito boas recordações, mas simbolicamente a melhor é o primeiro jogo que fiz aqui (Antigo Estádio José Alvalade), com 14 anos, pela equipa de principiantes B. Foi uma emoção muito grande, pela idade que tinha, porque vi muitos jogos na bancada e porque foi a primeira vez que joguei no relvado do Estádio José Alvalade. Foi um jogo maravilhoso, por toda a emoção, por tudo aquilo que envolveu o próprio jogo e pelo que eu já gostava do Clube. Perdemos, mas não foi importante. O resultado não conta, o que conta foi a emoção de ter jogado no terreno onde jogou Peyroteo e todos os outros grandes jogadores do Sporting, embora o Estádio já fosse outro." Foi este o ponto de partida para uma extraordinária carreira ao serviço do Sporting e do futebol português.

Vítor Damas partiu, mas ficou e ficará para sempre na memória e no coração de todos os sportinguistas.

Biografia de Vítor Damas:

Damas nasceu em Lisboa a 8 de Outubro de 1947 e aos 14 anos entrou para o Sporting, trazido por um vizinho que jogava ténis de mesa.
A posição de guarda-redes não era a ambicionada pelo jogador, que queria ser avançado, tal como Vasques e Travassos, os seus ídolos. Mas, como era o mais pequeno da «rapaziada», se quisesse jogar teria de ser a guarda-redes.

O primeiro grande jogo realizado foi contra o Benfica, quando Damas integrava a equipa de juvenis. O jogo não lhe correu bem: "nos dias anteriores todo eu era uma pilha! Quando entrei no rectângulo o estádio parecia um mundo. Veio o primeiro remate e saltei à gato para recolher o esférico, mas passou-me por baixo da barriga. Felizmente que a bola embateu no poste e ressaltou para fora. Todavia o meu nervosismo originou dois golos para os encarnados e ao segundo não pude mais. Saí debulhado em lágrimas, sentindo o peso do fracasso, para mim de dimensões imensuráveis. Porém, no ano seguinte, em 1962, já tinha vencido essas debilidades psicológicas, tudo nos correu bem e o Sporting alcançou o título nacional, vencendo, em Leiria, a Académica de forma concludente, por 5-1. Era o meu primeiro título nacional".

Em 1968 fez o primeiro jogo para o Campeonato Nacional da I Divisão, frente ao Guimarães, onde sofreu dois golos e passou novamente a suplente de Carvalho. Quando faltavam seis jornadas para o final do Campeonato agarrou a titularidade e nunca mais a deixou.

Em 1976 foi para o Santander e por lá ficou durante cinco anos. Quando voltou a Portugal foi jogar no Vitória de Guimarães, onde Pedroto conseguiu, finalmente, trabalhar com o guarda-redes dos seus sonhos, "as pessoas já me consideravam velho com 32 anos, mas mais nove haveria de jogar. Só me posso arrepender de não ter entrado em Portugal directamente para Alvalade".

Voltou ao Sporting como o filho pródigo, mas não conseguiu concretizar o grande sonho de ser novamente Campeão Nacional. Em 1984 integrou o grupo de 22 seleccionados que disputou e se classificou em terceiro lugar no Europeu de França. Foi suplente de Manuel Bento, o outro grande guarda-redes da sua geração.

No ano de 1986 despediu-se da selecção, com duas presenças na fase final do Campeonato do Mundo realizado no México, substituindo o lesionado Bento.
Estreara-se nesse posto 17 anos antes, em 1969, precisamente contra o México.

Vítor Damas era elegante na baliza, tudo nele era agilidade, intuição e espectáculo. Ao serviço do Sporting venceu o Campeonato Nacional em 1969/70 e em 1973/74. Conquistou três Taças de Portugal em 1970/71, 1972/73 e 1973/74. Foi 29 vezes internacional pela selecção "A".

O seu último jogo, com 41 anos de idade, foi a 27 de Novembro de 1988, a contar para o Campeonato Nacional da 1ª divisão, no Estádio do Fontelo, em Viseu, contra o Académico local. A partida terminou empatada 2-2.

Vítor Damas terminou assim a carreira tal como a tinha iniciado, com a camisola do Sporting, que envergou por 743 vezes, facto ainda hoje não alcançado por nenhum outro jogador. Jorge Gonçalves convidou-o então para treinador adjunto de Pedro Rocha. Passou a técnico principal em Fevereiro de 1989, para regressar a treinador adjunto.

Foi treinador dos guarda-redes do plantel sénior até 1999, altura em que passou a treinador principal do então clube-satélite, Lourinhanense. Treinou a equipa B em 2001, saindo no final da época.

CURRICULUM:

Vítor Manuel Afonso Damas de Oliveira
Local de Nascimento: Lisboa
Data de Nascimento: 8 de Outubro de 1947
Início de Carreira no Sporting: 1961
Títulos conquistados ao serviço do Sporting:
2 Campeonatos Nacionais (1969/70 e 1973/74)
3 Taças de Portugal (1970/71, 1972/73 e 1973/74)
29 Internacionalizações

in http://www.sporting.pt/Info/Futebol/Noticias/

Peço Desculpa

Peço desculpa aos facciosos por não ter dito nada no dia de hoje.

FOD@SSE!!!

Directo às 18:30, entrevista em directo no canal 1 às 21:00, meia hora em horário nobre na sic com o Santos, mas que merda de República das Bananas é esta?

Já não se fala em desaparecimentos e mortes violentas? Estamos a falar de um gajo que nem um soco sabe dar? Dizia o meu treinador de boxe que "socar e não acertar é como limpar o cu sem cagar".

A Selecção não tem perdoado aos jogadores que têm este tipo de atitudes, sejam eles da selecção sub-17 ou sub-46, e vai agora passar a mão pelas costas de toda a gente e tentar fazer esquecer este incidente com o Principal (reparem na letra grande de Principal) homem das Selecções Nacionais. Se alguma coisa havia sido feita para credibilizar o futebol luso depois do soco do joãozinho, ontem foi tudo por cana abaixo, é caso para dizer Assim não dá Camaradas, assim não dá!

Alzheimer quando convém

Luís Filipe Vieira descaiu-se com: "Quem sou eu para julgar Scolari".
Ora bem, deixa cá ver se me lembro de alguma coisa. Uhmm! Ah, e que tal o presidente do clube com mais sócios do mundo. Talvez um estatuto que deveria explorar em todos os sentidos e não apenas naquele que termina directamente nos cofres do clube da águia.

Mais uma prova dos brandos costumes e da hipocrisia do regime, instalado à volta da selecção. Cá para mim quem manda nestas coisas são mesmos as multinacionais que patrocinam seleccionadores.

A integridade é uma coisa muito bonita só é pena que ninguém saiba o que isso significa. Era desnecessário um presidente de um clube vir tentar arranjar desculpas para actos irreflectidos com as supostas alegrias que o brasileiro nos trouxe.

Está toda a gente a perfilar-se para desculpar.

Em honra ao Vitonimas

http://www.youtube.com/watch?v=oSYnkkQeyEM&eurl=

Scolari nosso de cada dia...

Não se trata de um julgamento e nem de chutar cachorro morto, mas a confusão após o jogo de ontem e a tentativa de agressão de Scolari ao jogador Sérvio vai render muito assunto.

Mesmo que Dragutinovic e outros atletas Sérvios tenham envolvido-se em discussões e troca de ofensas com jogadores e o selecionador Português, o gesto de Scolari não pode ser aceitável e é suposto que a UEFA aplique um castigo severo. Um castigo que poderá dificultar ainda mais o apuramento da Seleção Nacional para a fase final do Euro 2008.

Sinto-me a vontade para manifestar meu descontentamento com a atitude de Scolari, mas por outro lado posso afirmar que não foi nenhuma surpresa.

Infelizmente o atual selecionador Português coleciona uma lista de atitudes pouco desportivas, como o empurrão no colega de profissão Vanderlei Luxemburgo, as palavras de ordem dele no interior do balneário (gravadas de forma ilícita é verdade!) para que os jogadores do Palmeiras fossem violentos, desleais e provocassem os jogadores do Corinthians no decisivo jogo da meia-final da Copa Libertadores 2000, e após esse mesmo jogo, ele fez gestos obcenos para os adeptos do Corinthians. Juntam-se a esse histórico algumas agressões a jornalistas e diversas entrevistas mal-educadas.

O Madaíl detesta isto

Onde está a barata tonta?

E os jogadores!?

Todos crucificam o seleccionador, o que até me parece justo, mas e os jogadores, ninguém fala dos jogadores, os últimos jogos têm sido aflitivos, não correm, não lutam, não vão a lances divididos, não fazem o mínimo esforço para se fazerem a uma bola que não lhes vá direitinha aos pés, temos de regresso as "prima donas" do mundial de 2002.

Para além de faltar um seleccionador com liderança, liderança que o Scolari até conseguiu ter até ao mundial de 2006, mas que desde então tem vindo a esmorecer, falta-nos um jogador que líder o balneário, um jogador com carreira feita, com espírito de grupo, que todos respeitem e que todos reconheçam como sendo "O Jogador", resumindo, precisamos do Figo.

Este ano sem a liderança de Figo na selecção têm sido catastrófico, temos uma equipa à deriva, sem referências, individualista, sem espírito de missão e cheia de supostas estrelas. Digo supostas estrelas porque penso que temos a mania que somos melhor do que na realidade somos, vamos ser rigorosos e analisemos o onze que Portugal apresentou ontem e dessa equipa vamos destacar aqueles jogadores que podem ser consideradas estrelas, entenda-se por estrela, jogador com capacidade para jogar em qualquer equipa do mundo. Na minha contabilização só consigo encontrar 3 (Cristiano, Simão e Deco) e com muita boa vontade, pois não tenho a certeza que o Deco neste momento consiga ter este estatuto, mas dando o beneficio da dúvida, assumindo que a forma aflitiva como ele tem jogado se prende a uma baixa de forma por não ter feito pré-época.

É certo que para além das estrelas, também temos outros bons jogadores, que apesar de não terem esse estatuto, têm todas as condições para o atingir, mas também temos jogadores muito maus, fraquinhos mesmo, tendo em conta o nível de qualidade que a selecção deverá ter, tais como: Paulo Ferreira, Bruno Alves, Fernando Meira, Nuno Gomes e Hélder Postiga, isto só para citar alguns.

Com tudo isto não se percebe como é que jogadores como o Quaresma, Nani, Miguel Veloso, Tiago e João Moutinho, não façam mais jogos pela Selecção A.

Marca

A marca que (quase) ficou na cara do Dragutinovic...
A imagem de marca de alguém que vê os objectivos por um canudo...
A capa do jornal Marca onde se lê "Scolari niega lo evidente: No pegué a Dragutinovic"
As marca(s) que irão ficar na Selecção.
Marca, se não sofres!

Cumprimentos

quarta-feira, 12 de setembro de 2007

Pra ganhar!!

O meu prognóstico para hoje é que a Selecção Nacional vai dar uma grande alegria à maior parte dos portugueses e ganhar aos sérvios, seguindo assimo rumo à fase final do Euro 2008.

Seja com Ricardo ou Quim, seja Deco ou Moutinho, seja Miguel ou Paulo Ferreira, seja o eunuco ou o almeida, vamos limpar o adversário.

Portugal Allez!!!!

Sporting em clara maioria nos convocados de Sub-17

Lista de convocados da Selecção Nacional Sub-17:

Boavista FC - Ruizinho;
FC Penafiel - João Carlos;
FC Porto - Pedro Branco, Ricardo Cardoso, Ricardo Dias e Rui Caetano;
Manchester United FC - Evandro;
SC Braga - Tiago Gomes;
SL Benfica - Fábio Pereira e Nelson Oliveira;
Sporting CP - Alex Zahavi, Cédric Soares, Filipe Paiva, Januário, Luis Almeida, Mário Rui, Nuno Reis e Ruben Luis;
Vitória SC (Guimarães) - Nandinho e Rafael.

Dou a mão à palmatória

Não pensei concordar tão cedo com o Scolari mas finalmente compreendo-lhe a decisão de treinar à porta fechada. Alega o Filipão que os jornalistas acabem por relatar os treinos de uma forma errada. E tem razão. Ainda há jornalistas que insistem na ideia que temos uma equipa.

Canal Aberto

Aproveitando esta onda de jogos das várias selecções em campeonatos mundiais, europeus e apuramentos, há uma duvida que estou certo atormenta alguns de nós, e que se prende com as transmissões televisivas.
Não querendo comparar o Rugby ao Futebol 11, ficando-me apenas pela comparação entre o Rugby e as restantes modalidades, gostava de perceber porque razão as transmissões dos jogos da nossa selecção NACIONAL não se enquadram no regime de transmissões televisivas desportivas em canal aberto?! Não poderá o Governo intervir nesta situação como já o fez no passado com jogos de futebol 11 de equipas portuguesas (e não da selecção nacional)?!
Eu já não digo que transmitam no Canal 1, mas o Canal 2 é aquele que transmite em canal aberto os jogos das nossas selecções de Basket, Hoquei, etc, porque não a participação pela primeira vez da nossa selecção Nacional num campeonato do MUNDO de Rugby?!

SUB21

Apenas me guio pelos resultados dos dois jogos pois não tive oportunidade de assistir aos encontros.

Já mudou qualquer coisinha!

EuroBasket

Com o resultado que se esperava (talvez com a esperança de não ser tão dilatado), Portugal teve uma boa participação ao conseguir ficar no top 10 do basket Europeu.

É um feito histórico, não só conseguímos pela primeira vez conseguímos o apuramento para a fase final (sem sermos os organizadores do campeonato), como conseguímos mostrar à impensa estrangeira que não somos os coitadinhos como nos pintaram após o primeiro jogo com a Espanha.

E fomos roubados! Se a vitória dos Gregos era esperada, afinal de contas são só os campeões da Europa em título, não havia necessidade do presidente da FIBA (o grego George Vassilakopoulos) estar atrás da mesa do marcador a influenciar o trabalho dos árbitros.

terça-feira, 11 de setembro de 2007

Estado da Nação...

Classificação actual:


Jogos por disputar:
Portugal 12/09/07 Serbia
Azerbaijan 13/10/07 Portugal
Kazakhstan 17/10/07 Portugal
Portugal 17/11/07 Armenia
Portugal 21/11/07 Finland

Para ganhar isto não é preciso muito, basta um pouco mais de garra e jogar para ganhar todos os jogos, afinal de contas não está nenhuma França ou Itália no nosso grupo, temos de parar de jogar para empatar fora.

Acredito na victória caseira frente à Sérvia, mas essa victória só fará sentido se tivermos o objectivo de ir buscar 3 pontos ao Azerbaijão e ao Cazaquistão.

Inocência e a bricolage

O nosso Ronaldo afirmou ontem, à restante e menos facciosa imprensa, que Portugal não pode facilitar mais! Ora deixem cá ver..."facilitar mais"? "Portugal"? Que eu saiba, todos os portugueses (e olhem que são bem mais do que os que constituem a comitiva folgada) que assistiam ao encontro pela televisão, estavam firmes e hirtos na vontade de ganhar. Desses todos, onde obviamente me incluo, não imagino alguém que estivesse a facilitar. Todos sabem a pressão que por vezes sofremos por estarmos sentados em frente ao televisor ao invés de tratar do cano entupido ou do problema de infiltrações da vizinha da frente. Quando se está ao leme da televisão, não se facilita. O miúdo assumiu que estávamos sintonizados no espírito. Errado. Não podia estar mais errado.

Gostava agora de referir a a inocência das outras palavras: "facilitar mais". Outra vez o óbvio a servir de notícia. Cabeça oca, palavras ocas. Uma coisa é ele estar a encher chouriços, outra coisa é a corja de copistas de jornais (não confundir com jornalistas) que não conseguem trazer o craque à terra e confrontá-lo com a incompetência. É inadmissível que a nossa equipa facilite, enquanto todo o país se esforça para adiar a bricolage.

segunda-feira, 10 de setembro de 2007

Descubram as diferenças!!!

"Vedetas" Nacional de Futebol

Selecção Nacional de Rugby

Orgulho em ser Português

Foi com o orgulho estampado no rosto que os jogadores Portugueses da selecção de Rugby, cantaram a Portuguesa antes do jogo com a Escócia.
Todos sem excepção (e incluindo os naturalizados Argentinos) sabiam cantar de cor e a plenos pulmões o hino Nacional. Que contraste com outras selecções, bem mais idolatradas e endinheiradas mas sem dúvida com menos alma e sentimento.

Para os mais distraídos poder-se-á pensar que o resultado foi demasiado penalisador, mas para uma equipa amadora que compete no seu primeiro mundial (com o nervoso miúdinho que isso deve causar) e joga contra a equipa classificada em 5º lugar do ranking mundial, penso que foi um resultado extremamente meritório.

E muito agradeço aos "Lobos" o prazer e a emoção que me deu ao vêr o nosso primeiro ensaio. Marcante sem dúvida! E espectacular pelo momento histórico.

Não tive oportunidade de acompanhar, mas neste post tb fica bem destacar a excelente vitória da selecção nacional de basquetebol contra Israel. Para quem foi lá como "artista convidado"e chegou a ser enxovalhado por alguma imprensa Espanhola, parece-me estar a ser tb uma digna e orgulhosa prestação. Agora é continuar a acreditar e fazer aquilo que em futebol não conseguimos - despachar os Gregos!

domingo, 9 de setembro de 2007

Polska...

Estávamos a ficar mal habituados... ganhar grupos sem espinhas, ir fora e ganhar... dar sempre 3 ou 4 em casa.
O apuramento é possível (até o primeiro lugar se calhar), mas assustam-me realmente dois jogos que vamos fazer fora. (Arzebeijão e Cazaquistão)
Quanto a ontem, não fomos assim tão superiores aos polacos... como equipa eles tem mais do que nós... individualidades só ganham jogos às vezes!!!
Mas gostaria de comentar algo:
- Nenhum defesa esquerdo de raiz... acabámos o jogo com 2 laterais direitos que não gostam do lado esquerdo (bom jogo de Bosingwa, péssimo de Miguel... mas ele não é lateral esquerdo)
- Por outro lado, chegámos a ter dois extremos dextros (Simão e Quaresma)... que preferem os dois jogar no lado esquerdo (Simão não jogou mal... mas actualmente o Quaresma é titular de caras)
- Não gostei do meio campo (Deco, Maniche, Petit)... pareceu que não existiu
- No primeiro golo, deixamos o homem rematar e depois não temos lateral esquerdo
- No segundo, penso que o Ricardo tem culpas (simplesmente porque se a bola fosse à baliza era golo... chegava tarde)... as costas é puro azar (novamente Petit deixa rematar de longe)
--> Será que Hugo Almeida não tem lugar? Será que aquele jovem lateral esquerdo que foi para a Roma não tem lugar? Será que vamos ao Europeu?

sexta-feira, 7 de setembro de 2007

Um novo homem

Os vestígios do, internacionalmente afamado, mau feito do nosso cronista Red para com qualquer treinador do seu clube, foram encontrados apenas no seu apêndice. Uma vez retirado o material em excesso, as críticas do nosso jornalista serão agora muito mais facciosas e menos defensivo-confortáveis. A táctica de nunca gostar do actual treinador do nosso clube, podia trazer imensas vantagens para o seu emissor mas era hora de, cirurgicamente, pormos um agrafo na questão.

quinta-feira, 6 de setembro de 2007

Operação Madrid

"Portugal cometeu a proeza heróica de se qualificar para a 2.ª fase do Europeu de basquetebol."

in Record.


quarta-feira, 5 de setembro de 2007

Adepto benfiquista do século XXI!



Equipamento Alternativo do FCP

Quanto é que ganhamos?

Publicidade bem cá em cima! Espero que este sinal de capitalismo não esmoreça a veia independente.

Unânime...

adj. 2 gén., relativo a todos, em geral;proveniente de acordo comum;que tem o mesmo sentimento ou a mesma opinião que outrem;concorde;conforme.

Dessa forma EU NA MINHA MODESTA OPINIÃO, considero estupidez uma pessoa individual num fórum de opinião como um blog, extravasar opiniões suas e individuais como sendo definições unânimes. Considero que essas mesmas opiniões poderiam ser votadas e no final da contagem, serem consideradas unânimes, maioritárias ou minoritárias, tendo sempre como base a população ou grupo alvo ao qual foi aplicada a liberdade de voto e o respectivo modelo de cotação.

PS --> Finalmente isto aquece... foram meses muito mortos ;-)

é disto que o meu povo gosta!!!

Na semana que antecedeu o encontro entre tripeiros e lagartos, ao velho estilo de conversa de café, perguntavam-me qual seria o resultado desse jogo. Afirmei que queria que fosse 0-0 e com muitos casos de arbitragem para que quer uns quer levassem até ao final da superliga essa desculpa avante.

0-0 não foi, mas bastou 1 lance para que de hoje, até daqui a 3 épocas facciosos verdes e azuis disputarão as diferenças linguísticas entre passe e deliberadamente...e quem diz que o futebol não é cultura?

Duas Leis Unânimes

1ª Será considerado estupidez tentar explicar os infortúnios de uma equipa sem primeiro perceber porque ela é tão má por culpa própria.

2ª Será considerado estupidez, treinar apenas em relvados pedagógicos, de uma qualquer academia, e não treinar penaltis em relvados oficiais.

Lei 12 Futebol

É considerado livre directo contra a equipa do jogador que deliberadamente toca com a zona do antebraço até à mão no esférico. Este comportamento é castigado com cartão vermelho no caso de jogadas de perigo.

Lei 1 Futebol

A bola estará fora de jogo quando:· tiver ultrapassado completamente uma linha lateral ou de fundo, seja pelo chão ou pelo ar.

Esta é para os facciosos do fcp...

Para que não restem dúvidas, aqui vai o ponto da Lei 12 - Faltas e Comportamento Anti desportivo, que regulamenta os pontapés livres indirectos:

Pontapé-livre indirecto

Um pontapé-livre indirecto será concedido à equipa adversária do guarda-redes que, encontrando-se na sua própria área de grande penalidade, cometa uma das quatro faltas seguintes:

• manter a bola em seu poder durante mais de seis segundos antes de a soltar das mãos;

• tocar uma nova vez a bola com as mãos depois de a ter soltado, sem que ela tenha sido tocada por outro jogador;

• tocar a bola com as mãos vindo de um passe atirado deliberadamente com o pé por um seu colega de equipa;

• tocar a bola com as mãos vinda directamente de um lançamento lateral efectuado por um colega de equipa.

Fonte: FPF

terça-feira, 4 de setembro de 2007

Esta é para o Spooorting

"A Comissão de Arbitragem da Liga Portuguesa de Futebol Profissional emitiu um esclarecimento técnico sobre o polémico lance que deu origem ao golo do FC Porto frente ao Sporting. "

"No comunicado da Liga pode ler-se: “Ao contrário do que foi veiculado em diversos meios de informação, se um defensor efectua um pontapé que leve a bola no sentido da linha de baliza, seja esse pontapé um corte ou um passe, pode ser punido com pontapé-livre indirecto, no caso de o guarda-redes tocar a bola com as mãos”."

Parece que ainda há muita azia por aí, pelo que pode ser que com este comunicado possam digerir definitivamente a derrota...

Toda a verdade!

Aqui está a verdadeira razão porque o Simão saiu do benfica, parece que o rosa não favorecia o seu tom de pele...

segunda-feira, 3 de setembro de 2007

Makukula

Enquanto toda a gente analisa os casos dos jogos dos 3 grandes eu gostaria de deixar aqui algumas questões que poderão ser muita coincidência ou talvez não.
Pensem comigo:
-Próximo adversário do Porto: Marítimo
-Posição na tabela do próximo adversário do Porto: 1º lugar em exequo
-Melhor marcador do campeonato até ao momento: Makukula
-Equipa do melhor marcador do campeonato até ao momento: Marítimo
Será assim muita coincidência que estas condicionantes todas nada tenham a ver com a maneira escandalosa como o jogador em causa foi expulso no último jogo com a Académica? Será que tou a ter uma crise de "Calimerisse aguda" ou até um cego se apercebe disto?

Atitude

Será que é só uma questão de atitude?

Talvez não seja só a atitude de um treinador que faz mudar uma equipa, mas que ajuda...ajuda!

Finalmente um resultado convincente sem penaltis e expulsões dos jogadores adversários ou centros com a bola já fora do campo, não houve casos, houve sim um bom aproveitamento das falhas do adversário por um atacante que começa a mostrar o seu valor, um penalti claro sobre mais um reforço que parece ter garra para jogar nesta equipa e um excelente golo do maestro da companhia.

Temos equipa? Se deixarmos sempre o suor em campo sim. Com mais uns treinos em conjunto, a troca de bola parecerá natural e as combinações entre jogadores será um mimo.