quarta-feira, 1 de setembro de 2010

O polvo...ou a merda de gente que mina este país

depois de ler as declarações do seleccionador sobre a sua versão dos factos, continuo a achar que o que se passa neste país é uma vergonha, ou falta dela, que teima em reinar e comandar este país.

6 meses por chamar filho da puta a alguém que acha que tem o rei na barriga só porque é senhor inspector ou auditor é um castigo que não se vê em lado nenhum do mundo. Nos outros países castigam-se por coisas sérias, como a multa de 700 mil euros que um suiço vai pagar porque foi apanhado a conduzir a 290 Km/hora.

Cá não, somos um país de brandos costumes, que teima em reinar a mesquinhice do "eu é que mando porque sou o inspector gadget" sem olhar a meios se efectivamente faz sentido a forma como estamos a fazer as coisas.

Tal cagança reina, que aparentemente o médico se esqueceu de recolher um dos parametros a analisar. A mensagem que passa constantemente para a nossa sociedade, vinda deste tipo de gentalha é só uma: "Não é importante a (falta de) qualidade do meu trabalho, o importante é o meu estatuto de merda"

Comigo, não contem para colaborar com esta gente de merda que mantém vícios criados no tempo do outro senhor, continuarei na luta diária para que Portugal não esteja emprenhado desta gente de merda.

2 comentários:

FilipePereira disse...

amen

Sportinguista disse...

Tens os dados todos para tomar essa posição?
Olha que se calhar ele não foi castigado apenas por uma caralhada...